Qualquer gordo tem Blog

17/04/2009

A FUVEST mudou. E todo mundo rodou.

Filed under: Uncategorized — opoderosochofer @ 12:41
Tags: , , , , , ,

“Com as alterações, a primeira fase do vestibular deixará de contar pontos para a nota final da prova, mas continua com 90 questões de múltipla escolha.

Já a segunda etapa terá agora três dias e cobrará TODAS as disciplinas do ensino médio. Até o ano passado, apenas português e redação eram obrigatórias para todos os cursos. O restante dos exames era definido conforme a carreira escolhida. (…)A maior queixa dos que discordavam da proposta era a rapidez com que a reitoria apresentou e colocou em votação. Este é o último ano da gestão da reitora Suely Vilela. “Não éramos contra a proposta, mas uma mudança como essa deveria ter sido mais discutida. Defendíamos que fosse implementada no vestibular do ano que vem”, disse o presidente da comissão de graduação da Escola Politécnica, Paul Jean Jeszensky. Além da Poli, o Instituto de Matemática e Estatística, o de Física e a Odontologia, de Bauru, votaram contra. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.”

Confira a matéria completa no Yahoo Notícias

Tem quem diga que vai ser bom porque quem passou “no limte” e quem passou com folga, vão ter as mesmas chances, só que os dois vão penar pra caramba, porque vão ter que fazer prova do que interessa e do que não interessa para a carreira deles (e mesmo o que interessa nem sempre vai ter relevância pra o que ele vai ser depois da graduação). Algo me diz que com VUNESP, FUVEST e Enem mudando vai ter neguim botando como opção “Rondônia” no vestibular unificado das Federais, já que por aqui parece que vai ficar mais osso pra passar.

Anúncios

01/04/2009

Eu já tinha dito antes II

Filed under: Uncategorized — opoderosochofer @ 20:54
Tags: , , , , , ,

“Pelo projeto, a avaliação substituiria os vestibulares das universidades federais do país e passaria a ter 200 questões de múltipla escolha – atualmente a prova é composta por 63 – além da redação que já é aplicada.”

“De acordo com o projeto apresentado, o Enem seria aplicado em dois dias diferentes, no mês de outubro – não mais em agosto – com resultados divulgados no início de janeiro. Metade dos testes ficaria para o primeiro dia, e metade para o segundo, junto da dissertação.”

“O MEC argumenta que o vestibular desfavorece candidatos que não podem se locomover pelo território. Assim, um jovem que queira prestar medicina e tenha dificuldades financeiras, dificilmente poderá participar de processos seletivos de diferentes faculdades – e terá suas chances de aprovação diminuídas. Por outro lado, as federais localizadas em Estados menores ficam restritas aos candidatos de suas regiões. De acordo com a Pnad 2007 (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), de todos os estudantes matriculados no primeiro ano do ensino superior, apenas 0,04% residem no estado onde estudam há menos de um ano. Isso significa que é muito baixa a mobilidade entre estudantes nas diferentes unidades da Federação. Nos Estados Unidos, 19,2% dos alunos mudam de estado para cursar a universidade ou o chamado college.”

Em suma, se isso for implantado ainda esse ano em todo o país, vai faltar vaga aqui em São Paulo e sobrar lá em Rondônia. Alguém se habilita?

MEC propõe novo Enem com 200 questões para substituir vestibular das federais

26/03/2009

Eu já tinha dito antes…

Filed under: Uncategorized — opoderosochofer @ 15:11
Tags: , , , , , ,

“O modelo que está sendo pensado no MEC inclui uma ampliação do Enem. Hoje, são 63 questões objetivas e uma redação. “Queremos uma prova que combine o vestibular e o Enem, corrigindo as distorções. O Enem pergunta bem, mas carece de conteúdos(grifo meu: Ainda bem que era assim). O vestibular tem conteúdo, mas distorce na hora de perguntar. Queremos julgar a capacidade analítica do estudante”, disse Haddad.”

Faculdades federais podem ter vestibular único neste ano

Dica da Kátia Jayane. Brigado gatinha!

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: